Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Dezembro, 2012

Pessoas solitárias

Costumam dizer que recebo bem e sou muito querida com os récem-chegados ao grupo / ao trabalho / a qualquer coisa.

É normal.

Eu sinto-me sempre uma estrangeira em terra estranha em muitas situações, momentos e contextos  e não quero, não deixo, que ninguém se sinta assim ao pé de mim.


Bom Natal

Um Natal tranquilo.

Com pessoas que gosto ao lado. Com pessoas que gosto longe. Com pessoas satisfeitas. Com pessoas insatisfeitas. Com pessoas que querem mudar. Mas com pessoas que acreditam. De fé. Num mundo melhor. Num Portugal melhor. Num eu melhor. Acima de tudo só queremos ser felizes. Sempre.

Um Feliz Natal a todos e passem carinho às pessoas que gostam =)

O meu blog

Este é o meu blog. É normal que escreva aqui o que não digo, o que não transmito. O que quem me vê sente, mas que não formulo. É normal que extremize, que me perca, que pareça louca, carente, confusa, perdida.
É normal que saiam as coisas: o que não recalco. O que não me engano. O que está aqui. O que não me envergonha e não me melindra.

Mas que não se diz todos os dias, a toda a gente, em qualquer lugar.

E porque adoro escrever. E é deste material que se escreve. Pelo menos eu. Não tenho verdadeiras histórias de sofrimento. As piores. Doenças, estupro, violência ou marginalidade. Ou outras que nem faço ideia. E que dão, dão sempre, pessoas fantásticas com imenso que mostrar e demonstrar e um modo vivo, doloroso, próprio de se expressarem.

Mas eu não vivi isso. E não sofri assim.

Por isso uso outras coisas. Outras ferramentas. Outros catalisadores. O que me sobra. O que é normal em qualquer ser humano. Se não os acontecimentos, os sentimentos. Os sentimentos. E sobra-me os sentimento…

Dezembro....

Adorava conseguir vomitar todas as minhas angústias laborais e dramas emocionais de modo a pelo menos ficar com a minha auto confiança intacta.

É só isso.

Porque a bola que tenho cá dentro está difícil de ignorar.

Sem título

- Aprender que os sentimentos têm muito pouco a ver com obrigações, moralidades ou certos.

- Aprender que cada vez mais a Brida é um dos meus livros. Por tudo o que diz e encerra. Sem vergonhas.


Resumo do meu fim de semana

- Como passar de um "Só quero o cabelo esticado para o casório por favor" para um "Estou com um cabelo todo fashion, assimétrico e de lado, mas em bom, e com caracois quase quase a atingir o foleiro mas a passar e a ser de bom gosto" a uma velocidade increditável. Go F. (cabelereira talentosa que me fez isto)!

- Ir a casamentos sem amigos mas com muitos conhecidos daqueles com quem não tens convivência ou confiança é sem dúvida pelo menos o primeiro círculo do inferno.

- O bowling é para pessoas que tem técnica ou seguem regras, ou com talento motor. Não tenho nenhuma das três.


- Continua a existir pessoas generosas e maravilhosas mo mundo e sinto-me privilegiada por conhecer muitas delas.

- Enchaqueca desde ontem à tarde. Movida a drogas. E a café. Longa noite. Vai ser um longo dia.


Em suma.