Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Janeiro, 2010

Das minhas devoções

Acho que é isto que penso sempre que vejo no youtube os concertos que nunca pude ver ao vivo (o que é que te deu para morreres, Freddie?) e quando ouço as cançoes que me emocionam uma e outra vez.
Roubado daqui.
Espiral

Dúvida existencial

Pela net encontra-se sempre gente muito culta e interessante.
Que conhece muita música (e da boa), Que conheçe muitos livros (e dos bons). Que conheçe muito cinema (do bom).

Isto tudo junto. E com um pouco de sorte já viajaram muito. Sairam muito com amigos. E fazem muita coisa interessante. Em termos médios têm entre 20 e 30 anos.
E juro que fico estarrecida. É que há coisas que se percebe que, vá, quem tem euros faz e tem muita coisa. Mas outras... Os dias deles tem mais horas que os meus dias? Não dormem? Não trabalham?
Faz-me pensar que ando a desperdiçar-me algures entre o trabalho (recente, recente) que me motiva, os livros que adoro ler, as viagens (poucas até ao momento) que adoro fazer, as músicas que adoro ouvir, os amigos com quem adoro estar e entre as horas que preciso de dormir...
Ou então não. E sou apenas uma menina de olhos esbugalhados a pensar "Ena, tanta coisa que eles fazem." e que de seguida sem pensar muito vai ler Italo Calvino. Ou conversar na net. Ou ouv…

Coisas boas

Do lado esquerdo onde trabalho existe uma livraria (mais propriamente a Almedina).
Do lado direito um restaurante japonês.
Da minha janela a estação de comboios. (sim, a vista é gira).
Acho que morri e fui para o céu. Vou assinar uma ordem de "não ressuscitar".
Espiral

Dias assim...II

Em que tenho de novo oportunidade de fazer o que gosto, e com novos desafios. Mal posso esperar por amanhã...
Em que descobri aquela que pode ser a minha livraria favorita em Lisboa (a juntar às favoritas de Braga e do Porto)...
Em que comprei este livro...


Espiral (muito muito feliz)

Pelo menos é a piada do dia

"Na dúvida é sempre contra nós"
Jesualdo Ferreira

Coitadinhos, tem sido uns desgraçadinhos. Nem sei como aguentam tanta injustiça. Eu até gosto do Jesualdo Ferreira, é um homem culto, que sabe o valor da psicologia no bem estar dos jogadores (foi com ele que o Sporting de Braga passou a ter um psicólogo do desporto para acompanhar jogadores e equipa técnica) mas às vezes podia ficar calado. Fica-lhe mal dizer estas coisas....

Espiral (benfiquista, como se pode comprovar)

Layout

Mudança de layout apenas por motivos parvos:
- As imagens ficavam sempre ou quase sempre meio parvas no outro. - Cansei-me daquele tom verde. Eu nem sou assim tão "levezinha"
Mas já encontrei os contras: - Não gosto que os meus blogs favoritos e os livros que estou a ler terem ido parar lá abaixo. Gosto que o que gosto esteja mais à mão (apesar de saber bem onde eles estão) e gosto que se veja os livros que estou a ler facilmente (ou então não punha)

Vamos lá ver como isto corre...
Espiral

Das minhas private jokes

Desculpem mas depois daquele quadro enorme no Royale Café (ou lá como se chama) não resisti a publicar isto.



L. e a A., é para a vocês =D

Espiral

Sobre as minhas incursões culturais

- Ir ver a Gaiola das Loucas sem ter a mínima ideia que a peça tinha como tema os travestis é no mínimo caricato. Deu para rir mais do que o esperado com boas interpretações. E eu que até nem gosto muito do La Feria, posso dizer que realmente ele tem jeito para fazer coisas jeitosinhas (algo comerciais, mas jeitosinhas).
- Como é que eu nunca tinha ido ao museu de design, como? Giro, vou começar a espreitar mais os museus da baixa lisboeta. Acho que há aos mil, sem saber...
- O filme "A Estrada" está como o livro em que é baseado. Pesado, forte e muito bem conseguido. Adorei o livro e o filme não fica nada atrás. Ide ver. Mas preparem-se que é puxadote. (Apesar do livro ser um bocadinho mais.)
Espiral


A próposito de nada...

Lealdade e fidelidade não são sinónimos.
Gosto delas juntas, mas se tivesse que escolher iria sem sombra de dúvida para a lealdade. Lealdade: se estivermos a cair dar a mão à pessoa que está ali para nós e não há pessoa que nos pode impedir de cair.
É, é isso mesmo. Eu sou assim. Algo me diz que não vou durar muito tempo.
Para mim a lealdade faz de nós humanos. A fidelidade tá sempre ali a pregar-nos uma rasteira.
(Não, não estou a falar de relações. Sim, sou profundamente fiel à ideia de fidelidade a 100%. Conceitos, falo de conceitos.)
Portanto, mal por mal, ou mal por bem, ou bem por bem, antes de ser uma pessoa fiel, sou uma pessoa leal.
E que alguém me ajude que os tempos não estão para pessoas assim. (Assim, como assim, nunca estiveram...)
Espiral
p.s. O Gollum só queria a porra do anel a qualquer preço porque não estava a procura de emprego... ele ia ver o que era precious....

Ora como não se trabalha, lê-se

"But I am young no longer now; for sixty years my heart's been goneTo play it's dreadful music there, beyond the valley of the sun."
Extracto de um poema "The fairy reel" do livro "Fragil Things" do Neil Gaiman.
A adorar o livro =). A fazer-me sonhar.
Licença, a voltar para a leitura.
Espiral

Os filmes da minha vida aka gosto de títulos/filmes/temas pirosos

Podem gozar, mas eu como fã assumida deste


Estou expectante pela estreia deste =D



Eu gosto de remakes. E sei que este não é o melhor filme de todos os tempos. Mas eu gosto. Não sei se é a música, se a ideia de ter um sensei, ou a inocência gira do filme... gosto =D
Espiral
p.s. para os saudosistas... (agora é que a pirosada foi total, mas olhem, sou assim...)




Livros, eu e afins

Ler vai ser sempre uma das minhas paixões. Gosto de livros. De bibliotecas. De escritores e escritoras. De encontrar livrarias giras. Não gosto da Fnac. E a Bertrand já perdeu a magia. Gosto de livrarias com personalidade. Gosto de muitos autores. De (quase) todos os géneros.
Fora literatura, gosto muito de Arte. Música. Pintura. Fotografia. Poesia. Banda Desenhada. Cinema. Arquitectura. Escultura. Assim, com um deslumbramento profundo e sem ter a menor dúvida que ainda não sei nadinha sobre nenhuma delas.
Por isso, por neste momento sentir exponencialmente que necessito da Arte para viver, uma das coisas que peço para 2010 é que nunca perca a capacidade de me maravilhar com as coisas bonitas deste mundo. Especialmente com pessoas. Porque também são Arte.
Um beijinho fofinho a toda a gente que eu gosto. =)
Espiral