Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

Já repararam

Que as imagens que aparecem nos ecrãs das tvs à venda para mostrar a qualidade da mesma e a sua multiplicidade de cores são exactamente aquelas a que fazemos mais rapidamente zapping caso estejamos a ver televisão?
Mensagens recentes

Praticidade - 0 Cultura - 300

A partir deste mês comecei em contenção de custos enormes estipulando rigorosamente quanto gasto por mês.

Sendo muito certinha  e gastando so mesmo os mínimos olímpicos, o que faço quando vejo que vai sobrar qualquer coisa (digamos 40 euros)?

Compro uma camisa ou duas, que estava mesmo a precisar, porque as minhas tem todas 5 anos para cima e já viram melhores dias?

Compro umas calças de tecido porque também dá jeito para o trabalho?


Não...

Compro dois bilhetes para ir ver o Avenida Q.

E é isto. 


Quem nunca...

Fez crepes só para não parecer muito mal comer Nutella à colher?

... ou usou massa folhada e fazer croissants de Nutella...

Pois, porque comer Nutella à colher é um abuso, "que lambona" mas duplicar as calorias com massa de crepe ou massa folhada já está ok.


...









Como o vídeo que vi hoje por exemplo

Não consigo ver situações injustas. Pessoas que na aleatoriedade da vida ficam sem nada. Não gosto de ver pessoas a pedir. É egoísmo meu, eu sei. Mas fico com um peso enorme. Sinto um peso enorme na cabeça, nas costas, no coração. Sinto-me culpada. Como se a culpa fosse minha. Porque não faço nada. Sou culpada porque não faço nada e devia fazer. Mas não sei o que fazer. Não sei mesmo. E não tem fim esta sensação. Porque há sempre pessoas em situações miseráveis. Algumas, muitas delas, tão dignas. Tenho vergonha. Não delas. De mim. De ter a certeza que não tenho nem um bocadinho daquela dignidade. Fico com a garganta apertada quando testemunho essas situações. O que é que eu posso fazer? O que é que eu posso fazer...


Daqui.