quinta-feira, fevereiro 22, 2018

segunda-feira, fevereiro 05, 2018

Das séries

Altered Carbon está prestes a tornar-se das minhas séries favoritas de sempre.

Últimos dois episódios não estraguem tudo.

quinta-feira, fevereiro 01, 2018

Blogs interessantes procuram-se

Do género dos mesmos bons (ex: Ana de Amesterdam , nessa linha de boa escrita...)

Com algumas honrosas excepções (que obviamente não são populares) está tudo na onda  de vender coisas, seja produtos ou estilos de vida. Que seca. QUE SECA. Parece que somos todos miúdos que precisamos que outras pessoas nós digam o que precisamos, ou o que é o desejável, ou que experiências devemos fazer, ou que produto comprar, ou que roupa vestir. Sério pessoas? Esta procura por modelos em outras indivíduos (e curiosamente normalmente são sempre pessoazinhas, vai lá perceber... quer dizer eu percebo, a psicologia explica) só porque sim, e porque mostram um pouco da sua vida "autêntica" e/ou "mega feliz" e/ou "vida muito desejada" ou sei lá mais o quê, que a mim me parece apenas e tão só exposição, sempre em troca de algo, claro (ego, notoriedade, dinheiro, produtos, oportunidades), o que de si e por si só é inteiramente legítimo, pois claro, estamos aqui todos para o mesmo e isto é uma selva, mas porque raio é com isso fica tudo igual, tudo a falar do mesmo, tudo maravilhoso e fantástico?  QUE SECA.


Alguma alminha que me diga blogs bons  que por acaso não estejam no meu radar (devo ler uns 3 blogs bons hoje em dia.. que tristeza...)





Das piores coisas que aconteceram há uns 10 anos


Deixou de existir o Milka Cookie Choco Swing em Portugal . 



Sniff


quinta-feira, janeiro 04, 2018

A conversa do coitadinho*

O que me irrita nem é a falta de empatia, a falta de mundo (no sentido de juizo crítico acerca dos outros), nem sequer é a vitimização irritante, nem o andarem a dizer que ganham muito mal , ou como trabalham muitas horas, ou como tiveram anos e anos de estudo, ou como pagaram muitas próprinas, ou porque têm muitas despesas, ou como é complexo o trabalho deles.

O que me irrita mesmo, mesmo, é não terem a coluna dorsal de perceberem que pelo menos 70% dos outros cursos, teve as mesmas propinas, a mesma carga de trabalho, as pessoas tiveram as mesmas dificuldades, e as pessoas com esse cursos (com mesmo ou maior grau de dificuldade) tem salários irrisórios, trabalham as mesmas horas ou mais e não as recebem, não tem espaço nem oportunidade para ter mil empregos ao mesmo tempo, nem a mesma oportunidade de progressão de carreira, e nem vou falar do prestígio inerente...

Irritam-me acharem que determinada profissão é tão mais especial que as outras. Só que não.


*sim, falo especialmente das vitimizações das  classes de médicos, enfermeiros e farmacêuticos... já não tenho pachorra para os testemunhos no facebook. Curioso só ver estás vitimizações de classes privilegiadas e com taxas de desemprego muito próximas dos 0%? 



quarta-feira, janeiro 03, 2018

Melhor dica 2018

A melhor maneira de não comer as sobras do Natal e Ano Novo e começar o ano a comer de forma minimamente saudável? Estar com gripe, febre, má disposição e dores no corpo, etc etc desde dia 1 à noite. De nada

terça-feira, janeiro 02, 2018

2018 II

A única coisa que prometo a mim mesma, e não é por ser um novo ano, é todos os dias, é esforçar-me todos os dias por ser melhor pessoa e por dar mais de mim mesma.

Simples assim.

2018

Sou a única pessoa do Universo que não faz lista de promessas nem de desejos não é?

quinta-feira, dezembro 14, 2017

Like a boss

Portanto, daqui a 10 anos gostaria  estar num tal nível que faria e trataria como meus secretários particulares, o presidente português de uma empresa internacional muito conhecida e o director de inovação dessa mesma empresa.

E é isto pessoal. Não é para quem quer, é para quem pode.


O que é dito, e que poderá ser embaraçoso, é dito sempre em inglês.