Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Setembro, 2012

Do meu lado mais negro e também do meu lado mais doce

Irrita-me as pessoas que dizem "Eu faço/consigo/compro/tenho porque mereço"

Porque não justifica nada.

Porque não passa de soberba.

Porque o merecimento infelizmente tem pouco a ver com isso.

Porque há realidades tão duras, e sem dúvida as pessoas não mereciam essa merda.

Porque ninguém merece.

Porque há gente linda e forte.

Gente como o Sr. X, cego, hemodialisado e que mal consegue andar, mas que tem sempre uma palavra engraçada, que chama "Cara Linda" ao socorrista da ambulância e brinca acerca de outra "colega hemodialisada" a dizer "convidou-me para jantar, só não uoi porque era no oitavo andar. Se de carro custava, imaginem a pé."

Gente como o Sr. Y, hemodilasiado, que vive sozinho numa casinha muito humilde, mas que depois de ser muito reservado a principio, agora manda piadas e diz "que a vida são três cagadelas por isso temos que nós rir".

Gente que nunca teve de certeza o que hoje em dia se chama merecimento e que normalmente…

Até eu

Hoje, se não tivesse noutra batalha e a lutar outra guerra (i.e. turno de voluntariado) ia à manifestação.

E para eu querer ir... é porque isto está mesmo mal.

Mas eu sou eu.

E fico feliz porque hoje recebi esta encomenda:
Todos com 50% de desconto no site da Europa - America. =) A minha extravagância do mês.





Vida de adulta II

Stresso com jogos de poder.

Não tenho jeito para xadrez humano.

Não funciono a estar sempre à defesa, a não confiar, a não saber se as pessoas são aquilo que são ou apenas uma máscara.

È nestes momentos que percebo que ainda não percebi qual é o meu lugar ou qual quero ter.

E isso doí. Mesmo.

Vida de adulta.

Não quero poder para nada.

Dispenso batalhas de egos.

Só não quero ver o meu trabalho anulado/ destruído/ distorcido.

Como se dá a volta a estas questões sem parecer que se comeu e calou?

CASACO

Para esclarecer quem me veio perguntar "Então como foste à reunião?"

Bem, trabalhar perto das Amoreiras tem as suas vantagens.

Portanto fui a correr à Mango e comprei este casaco =)




Giro, vermelho e já para a próxima estação =)

E lá se safou a reunião!

Parcas, olá novamente.

Eu podia falar da maravilhosa séria que ando a ver e das citações que tiro.

Ou das frases bonitas e dos livros que tenho lido.

Mas não:

Digam-me porque é que no único dia em que venho com vestido curto, sem alças (com a grande tatuagem que tenho nas costas à mostra portanto) e com sandálias com borboletas e rasas o meu chefe se vira "vens comigo apresentar isto ao cliente" (que é um banco, tipo formal, formal!)

Estou em pánico. Já disse que tenho uma tatuagem enorme nas costas? -_-