quinta-feira, setembro 20, 2012

Do meu lado mais negro e também do meu lado mais doce

Irrita-me as pessoas que dizem "Eu faço/consigo/compro/tenho porque mereço"

Porque não justifica nada.

Porque não passa de soberba.

Porque o merecimento infelizmente tem pouco a ver com isso.

Porque há realidades tão duras, e sem dúvida as pessoas não mereciam essa merda.

Porque ninguém merece.

Porque há gente linda e forte.

Gente como o Sr. X, cego, hemodialisado e que mal consegue andar, mas que tem sempre uma palavra engraçada, que chama "Cara Linda" ao socorrista da ambulância e brinca acerca de outra "colega hemodialisada" a dizer "convidou-me para jantar, só não uoi porque era no oitavo andar. Se de carro custava, imaginem a pé."

Gente como o Sr. Y, hemodilasiado, que vive sozinho numa casinha muito humilde, mas que depois de ser muito reservado a principio, agora manda piadas e diz "que a vida são três cagadelas por isso temos que nós rir".

Gente que nunca teve de certeza o que hoje em dia se chama merecimento e que normalmente se traduz em roupas, fins de semana ou férias em sítios bonitos, presentes, coisas boas e bonitas.

Gente que viu o merecimento passar ao lado, depois de viverem uma vida cheia, uma vida dura, uma vida trabalhosa.

E que são tudo menos rancorosos com os desaires e super bem dispostos e pacientes em relação aos dias de hemodiálises, ao tempo de espera à vida que passa..

Por isso lamento mas não me fodam. Vai sempre irritar-me as meninas e meninos que "aí sou feliz mas claro eu mereço".


É por isto que odeio a humanidade mas gosto muito de pessoas.








1 comentário:

S. G. disse...

também prefiro humildade em vez de humanidade.

Like a boss

Portanto, daqui a 10 anos gostaria  estar num tal nível que faria e trataria como meus secretários particulares, o presidente português de u...