Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Maio, 2006

Solidão

"Solitudine non è essere soli, è amare gli altri inutilmente." (Mario Stefani)

in A cidade dos Anjos Caídos de John Berent

tradução: "Solidão não é estarmos sós, é amarmos os outros em vão"

Frases dos amigos do peito

Os amigos são amigos pelo que dizem, pelo que fazem....no momento apetece-me recordar o "pelo que dizem":

"Eu acho é que ele tem o António lobo Antunes preso na cave" (Ana Fontes) - porque amizade é brincar com os nosso próprios gostos de modo a fazer-nos sorrir da patetice

"Mas Sónia, não olha para ninguém!"(Luis Roxo) - porque amizade é convencerem-nos de que não estamos sozinhos

"Somos uns privilegiados" (André Seco) - porque amizade é julgar ( e bem) que temos amizades únicas

"Não podemos deixar que a vida nos passe pelas mãos" (Diogo Nuno) - porque amizade é inspiração repentina depois de uma tarde de crepes

"Estou com a Sónia, estou com Deus" (Isa Costa) - porque amizade é ter medo de cães e saber que há protecção

"Sónia, vi esta imagem e lembrei-me de ti" (Magda Alvoeiro) - porque amizade é identificação e recordação

"Já não te via há uma semana...tinha saudades das tuas barracas!" (Ana Soares) - porque am…

100 anos de solidão

De que são feitos os bons livros? Aqueles que marcam? Já me disseram que um bom livro, com uma boa história se mostra logo nas primeiras páginas. Ou então que também é um bom guia ir pelos best-sellers. Ou so ler os clássicos.
Sempre li muito. De tudo. Com qualidade, sem qualidade, light, menos light, banda desenhada, até livros da colecção Arlequim. Também já li alguns dos chamados "imprescíndiveis", clássicos, autores portugueses, sul americanos. norte americanos, franceses, ingleses, japoneses. Poesia, prosa, ficção, drama, ensaios...
Não tenho pretensões de ter lido mundos e fundos, mas tento não me ficar "pelo mais lido" ou "pelo mais conhecido" de cada autor. Nem colar-me desnecessariamente a autores mais que ilustres e dizer bem apenas porque toda a gente diz.
Por exemplo: não me agrada o modo de escrever de Charles Dickens. E não o digo de ânimo leve. Li, para além dos famosos Oliver Twist e Grandes Esperanças, os Contos e a Pequena Dorrit. A princip…

Secretamente

A culpa é do meu primo. Do meu primo direito, único e inconfundível. Que adoro. E que me conhece como eu o conheco. Demasiado bem. E que me disse "Conheces aquela canção de Rita Guerra?" ...Conheço...."Secretamente"...não sei se está canção tem qualidade...mas ironia ou não...está lá...E volto a ouvi-la. E sorrio. Porque os sentimentos não se julgam ou entendem. E posso dormir de novo porque sim.Yap, a culpa é do meu primo...e da Mango que passou esta música mil vezes enquanto eu estava lá...lol

13 de Maio

Tenho 21 anos. Hoje. O resto do tempo sou uma eterna criança a a proporcionar aos outros a ilusão de que cresceu. O resto do tempo sou uma mulher com todos os sonhos rídiculos inerentes a fingir que não preciso deles. O resto do tempo sou pessoa com objectivos definidos que anda perdida no meio de um mar de intenções.
Mas, no resto do tempo também sou eu. A que sabe que só estou cá e só sou este ser humano devido a um conjunto valioso de pessoas. Aos meus pais que adoro, apesar de todo o stress, e a todos os antepassados que por aí andaram (de certezinha que há alguém muita à frente no meio desta genética toda). Mas este meu eu também quer agradecer aos meus amigos. Aqueles que são o meu porto de abrigo. Aqueles que longe ou perto estão "aqui". Porque os laços do coração não precisam de estar presos para saberem onde pertencem. E eu, independentemente de quem afinal seja, saberei sempre onde vocês estão para mim. Parabêns, Amigos, por existirem´.

p.s. Não faço uma lista das pe…

Morte

A morte conduz uma bicicleta enquanto tu andas de carro. Vai, figura de adolescente frazino, sweat azul escura com capuz e mochila laranja às costas, a pedalar. Ao aproximar a um cruzamento espera que estenda mão a indicar o caminho que vai seguir. E segue o caminho contrário. Nunca passes à frente da morte...porque ela pode estar para seguir a mesma direcção que tu.

Espiral

Aprendizagem

(Insisto que ninguém me vai matar enquanto questiono o porquê do medo, cantando, desafinada, que estou a aprender a ser feliz enquanto danço a um ritmo completamente diferente...)


"O fazer teatro não depende só da nossa vontade mas também da dos outros"...mais ou menos isto, Rosa, encenadora do grupo de teatro Ultimacto.

(mais tarde...)

Bem...devido a problemas a que sou alheia (pc que breca, e memórias ñ guardadas), cá vai...algo desfasado:

"Decide-te. Ou fazes ou não fazes" (quem disse sabe que disse ^^)

Às vezes a vontade tem ser moldada...conquistada. Sem lamúrias.