Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Julho, 2013

Cozinheira

Estou a tornar-me uma expert a cozinhar. Sai-me sempre tudo bem.

A ver:

Tarte de peixe do livro Cozinha sem limites do Gordon Ramsay: check =)

Tiramisu versão mais portuguesa de uma revista de receitas: check e aprovadissimo =)

Socorro

Está a existir uma proporcionalidade crescente entre o aumento do ginásio e os números que me aparecem na balança.

Curiosamente também proporcionais à minha ansiedade e à minha capacidade para comer porcaria.

Sem desculpas.


Eu nunca disse que pensava bem nas coisas

Tomei a decisão muito sensata de tendo em conta que fui dar sangue de manhã de não ir fazer uma aula de Insanity nem experimentar aulas novas. Portanto hoje o ginásio ardeu.

Ao fim do dia tomei a decisão muito pouco sensata de ir carregar com minis e com sacos com compras para o jantar que vou dar amanhã.

Não mostres, guarda para ti

E curiosamente era esta a música...

Quero uma casa

Decorada à minha maneira.
Onde possa cozinhar muito, muito. Onde possa receber amigos, os distantes, os próximos, os familiares, os de sempre e os novos. Onde me divirta, onde me passe com a desarrumação e onde possa arrumar do meu jeito. Onde haja recantos para ler, luz do sol a entrar, surpresas e locais onde amar. E onde fazer amor também.  Uma casa com estantes infinitas de livros, com muito branco e muita cor, com pormenores meus e dos que amo. Com comida. Feita por mim, pelos outros, também comprada, mas boa. Cheias de calorias boas. Uma casa de chás, de frascos, de latinhas, de revistas bonitas e de imagens com que me identifico. Uma casa com almofadas, com puffs, com chaises longes (ou lá como se chamam) para ser acima de tudo confortável para quem entra.  Uma casa com cães. Talvez também uma casa com gatos. 
Quero uma casa. Pequena. Com janelas grandes e com recantos. A minha casa.

Eu curto muito este mundo

Onde ao mesmo tempo em que redescobres músicas e blogs, e redescobres a preciosidade que são as verdadeiras amizades (love you A.) redescobres que as tuas Parcas estão vivinhas e de saudinha e já não basta o stress (não) profissional em que estás, que embora lá juntar uns pozinhos de especiarias e redescobrir os sentidos que tinham sido desligados à força.

Adoro-vos

Adoro ver as minhas amigas A. e L. que vejo tão pouco por se encontrarem cada uma numa ilha longe de mim. Adoro-vos mil vezes daqui à lua e voltar. Sempre. Mesmo que não o diga.

Vocês estão "aqui" sempre.*

Ginâsio III

Bem, já que ganhei peso a ideia agora é fazer pelo menos duas horas de aula por dia (dantes só fazia uma).

E ainda vou experimentar três ou quatro aulas que me faltam


Ginásio II

Não percebo bem as senhoras que vão com leggins pretas fininhas quase transparentes para o ginásio.
Acabo por lhes ver tudo o que não é suposto a meio das aulas.

Karma

É um bocado lixado perceberes que não foste nada mais que um tropeção parvo na vida de alguém para essa pessoa perceber o valor que dá as coisas/pessoas que tem na vida e ser feliz.