Quickribbon Espiral: Julho 2007

sexta-feira, julho 20, 2007

Dialógo

- Não doí bater com tanta força?
- Sim.
- Então porque é que continuas?
- Porque vale a pena.
-Não percebo.
- As cocégas fazem-te rir?
- Sim!!!
-É por isso?
- Por eu rir?
- Também...porque assim sinto.
- E isso acontece porque o tens?
- Sim.
- E é bom?
- Todos os dias.

Espiral

quarta-feira, julho 11, 2007

Pedras

Talvez faça parte da descoberta de nós mesmo caminhar sobre as pedras que farão com que os nossos pés sobrevivam a males piores, como brasas, ou bocados de vidro. Faço partes dos que sabem a importância dessas pedras. Magoa. Mas sei que continuarei a andar por caminhos dificeis. Talvez nalgum momento pegue na pior pedra, na que mais me magoou, na que me fez superar as maiores barreiras e a coloque num pedestal discreto do meu ser. Agora não posso. Estou ocupada a fugir dos caminhos de vidros e de brasas. Ou a atravessá-los. E a sentir sempre as feridas das pedras que não cicatrizam.


Espiral

Inspiração: uma velha frase..."eu já passei por isto...mas não o ultrapassei..."

quinta-feira, julho 05, 2007

Heuristicas...

Nesta altura em que em todas as faculdades os alunos são postos à prova atráves de exames e/ou trabalhos é irónico que no meio de mais um stressante trabalho se encontre justificações para o pouco que se produz ou que se consegue. Denomina-se heurística da positividade (se não me engano...) e basicamente diz-nos que face a um trabalho tendemos a achar que iremos demorar menos tempo do que o necessário para o realizar mesmo que em situações anteriores semelhantes tenhamos visto que o tempo necessário para o realizar era muito maior.
Por isso, não stressem por aí além....somos todos irracionais! (Obrigada especialmente ao Tversky, ao Kanheman e já agora ao Jacoby por fundamentarem cientificamente e nos darem justificações válidas para o mau desempenho, ah ah ah, adoro-vos).

Espiral

p.s. e tenho a certeza que mais 2 dias chegam perfeitamente para acabar um relátorio....

p.s.2. e não esperem que num blog ponha bibliografias...

.

terça-feira, julho 03, 2007

Simplicidade

Acho que a vida seria muito mais simples se nos limitassemos a subir as escadas rolantes que costumam descer, quando não estão avariadas, em vez de fazer fila naquela que costumava subir, quando avariam.


Espiral