Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Abril, 2010

Frases daquelas XV

"Ninguém é obrigado a ficar com quem não gosta apenas porque sim, porque não quer morrer solteira e rodeada de gatos. Eu recuso contentar-me com menos do que um grande amor."
(copiado do crónicas perdidas)


Não sou cínica. Mas conheço tão pouca gente que segue esta máxima.
Eu (por isso é que passo temporadas largas sozinha) e mais uma meia dúzia.
Somos o que somos. E isto não é para quem quer. Ou se é ou não se é.

Espiral

Os meus amigos são os melhores e pronto....

Só a L. para me fazer sentir espirituosa quando uso expressões campónias como "corno manso"; "bsb da ureia", "mulheriiii".... (e vou juntar aqui o "reoi)
Juro que amanha arregaço as saias e vou apanhar fruta com as minhas conterrâneas para aprender mais algumas expressões só para me sentir chique quando a L. se rir delas =).
Aproveita Chicago =) . E mostra aos americanos que nós por cá nunca somos mansas =P

Espiral

Aquilo que somos

Provavelmente quando estamos muito muito magoados toda a gente pensa "não, não quero jogar mais".
Mas ele volta sempre.
E nós tentamos. Tenta toda a gente sempre né?
O gosto de amar é maior =)
Espiral

Parcas...

Então vejamos:
Eu sei perfeitamente que há sementes que se transformam em fantásticos sobreiros, daqueles fortes, que duram séculos, majestosos, eternos, únicos. . Mas também se podem transformar numa linda flor, um lírio, frágil, elegante, majestoso, eterno e único. E ninguém vai dizer que é pequeno como se isso fosse mau não é?
E já agora, os sobreiros também se cortam, e as flores também se partem. Há forças e fraquezas em todo o lado.
Então parem lá de puxar fios. Não têm outro fuso onde trabalhar? Chatas, pah....

Espiral
p.s. Os lírios são as minhas flores favoritas. Os sobreiros são as minhas árvores favoritas.
p.s. 2 Pronto é este o post sobre UPs .

Pós turnos

Preciso de:
- 5 cafés - dois palitos para segurar os olhos - uma almofada - um comprimido para as dores de cabeça - menos trabalho - uma massagem - um beijinho
Acho que tenho que me contentar com os cafés.... sniff
Espiral

Adoro

Sou romântica e parva lamechas e adoro =)

E gosto do Pon e Zi.
Espiral

Conversa sobre relacionamentos

Eu- Algo me diz que isto piora com a idade..Ela- o que pode piorar no meu caso? Da próxima apanho um que me traí? Eu - ya e a seguir um que bate. Ela- pode vir no seguimento sim. Eu - Vais a ver "ele" até era o homem perfeito. Ela- Sim faz sentido, e que burra fui eu em não dizer-lhe mais vezes sim a tudo. mas depois vai ser tarde. Eu - É por isso que as mulheres preferem os primeiros amores, não é que esses sejam fantásticos, os outros é que são piores. Ela- Ah ah ah ah, bela teoria. Eu - (que conversa mais sexo e a cidade)

Espiral


Senhor Pai Natal dos Aniversários

Por favor eu só peço muitos euros como prenda de anos.
Tenho uma lista enorme de Livros para comprar =D ( e já agora uns trapinhos)

Espiral
p.s. Mas se alguém se quiser chegar à frente com livros de planeamento estratégico e/ou marketing e/ou psicologia e/ou Tolstoi e/ou James Joyce e/ou outros que tais e/ou vales oferta, tão à vontadinha =D

Lembrei-me de repente

"Ninguém precisa de um psicólogo se tiver um Amigo." (profe de psico algures no tempo)
Ninguém precisa de uma cerveja se tiver paz de espírito. (muitos bêbados ao longo do tempo)

Estas frases são tão verdadeiras como discutíveis.

Espiral

O meu mundo imperfeito

No meu mundo, os amores eram eternos enquanto existiam. De preferência para sempre.
No meu mundo se não fossem para sempre não acabam em monotonia. Em deixar andar. Em rotina. Em "e agora que já estamos há 2/5/20 anos juntos como é que vou ficar sem ninguém". Não acabam em desesperança nem porque chegavam ao fim, mas sim porque sim.
No meu mundo quando uma historia acabava deixavam marca. Não era mais uma relação entre muitas. Era especial.
No meu mundo as pessoas ficam com traumas e com medos. Porque amaram. No meu mundo as pessoas são imperfeitas.
No meu mundo há medo de amar.
No meu mundo sabe-se que não há oportunidades infinitas. E isso doí e às vezes faz-nos sentir ainda mais medo.
O meu mundo não é feito de pessoas perfeitas.
Mas no meu mundo as pessoas andam para a frente por mais que doa. No meu mundo há desespero mas não há desencanto. No meu mundo as pessoas erram, mas em que mundo é que não erram?
Mesmo assim, acho que prefiro o meu Mundo aquele que me bate a porta …

Não resisti a copiar...

REASONS TO DATE A PSYCHOLOGIST
No, we are not ALWAYS reading your mind (just sometimes).And yes, we are good people!
1- We always guess what you want for your birthday/christmas/valentines day without talking.
2- We can read body language (quite useful sometimes).
3- We can guess when when someone is lying to you (unless the other person is a psychologist as well).
4- You can always talk about sex with us, we are used to it.
5- Male psychologists are used to live among women so you don´t have to bother about "the non-uderstanding" about women nature/mind.We know how to translate it (and we do it so well)!.
6- We are human as well, so we do have problems that we, as well, don´t know how to solve them.
7- We know when to talk and when to shut our mouth (usefull one), we valuate silence.
8- We know how to act when surrounded by thousands of women without mouth watering, so you should know that when you´re dating a psychologist , he´ll be loyal and never look to another girl (unless it´s…

Curtas da manhã

Chego mais cedo ao trabalho porque custa-me menos a acordar 30 minutos antes do que o normal para ser pontual. Não é zelo, é ritmos biológicos.
O meu director já me veio perguntar se estou atulhada de trabalho. Bestial, agora pareço desorganizada.
***
Faz-me confusão as pessoas que com 15 graus, sol e sem vento vestem impermeáveis e camisolas de malha. Como funcionam elas com 5 e 10 graus?
Provavelmente essas pessoas pensam como funciono eu com 30/35 e 40 graus, se com 15 graus, uma aragem e um solito visto camisas de manga curta.
Não funciono. Eu derreto a essa temperatura.

Espiral

Foco

Odeio o meu nervo ciático.
Adoro as aulas de body combat.
Amo o meu corpo daqui a três meses.

Agora, aplicar isto a todos os campos da minha vida.... Feito.
O desporto faz mais pelo meu equilíbrio emocional do que toda a terapia do mundo =)
Espiral

Receitas de equilíbrio baseadas em desiquilíbrio

Acho que todas as mulheres deviam ter 5 minutos do seu dia para "odiar" os homens da sua vida. Os passados, os recentes, os futuros, os momentos maus, as tretas, as minhoquices. Odiar até as frustrações saírem todas. Porque nenhum deles merece estes minutos.

Acho que todas as mulheres deviam ter 5 minutos do seu dia para amar os seus homens sem reservas. Lembrar dos momentos bons, dos passados, dos presentes, do futuro. Do que podia ter sido, do que vai ser. Do se apaixonar novamente por cada um deles e julga-los, nos seus momentos próprios, os homens das suas vidas.

Fora estes 10 minutos de irracionalidade pura, voltar ao mundo real, e contar com o que se tem. Amar o que se tem. Partir para outra se não se tem o que se quer. O que quiserem. O céu é provavelmente o único limite.

Espiral
Adenda: Os homens também podem fazer com as mulheres, deve ser salutar. E para quem precisar de 10 minutos do primeiro e nenhum do segundo, estejam à vontade (e vice versa)
Adenda 2 - pessoal, é …

É desta =D

E voilá.
Acho que é isto.
"Muito fluido; condiz contigo" - comentário da M.
"És mesmo certeira." - comentário da P.
Acho que é mesmo isto.
Obrigada pelo feedback.
Portanto eu sou folhas ao vento e ver o que dá... like it.
Espiral

Insights - Bigs

Afinal eu podia ter tido um Big.
É que uma pessoa quase que se sente traumatizada, porque toda a gente tem pelo menos um Big, daqueles que "dá luta, mas dá gosto, e eles é que são, quais Aidan, quais quê, nós queremos é isto e aquilo, e o diabo a sete que os Bigs desta vida nos fazem. E quem não teve não viveu, nem sabe dar valor, porque isto de viver assim nervosa, infeliz, e sempre com dúvidas não é para todas, olho pra nós que somos especiais." E eu não tive. Dessas histórias assim não tive.
Mas agora pensei um bocadinho e não é que não tenha surgido, não uns Bigs, mas o Big. A especie alpha da coisa. Aquele género o da Carrie. E ele até poderia ser isso tudo que toda a gente diz. Mas eu não sei. Porque não fui por aí.

Felizmente não sou mulher de Bigs.
A mal ou a bem (que isto não é tudo rosas) sou de Aidans. E sim estou a torcer por ele neste filme.
Não que a Carrie mereça. Mulher que casa com um gajo que a deixou no altar não tá lá em grande conta na minha consideração.

De manhãzinha estava bem era na caminha...

O problema de ir a ouvir rádio pelos phones não é andar com sorrisos parvos estampados na cara. Nem é quando me desato a rir com os comentários que os senhores da rádio produzem.
É mesmo ver o ar das pessoas que apanham os mesmos comboios que eu, ainda mortiços do sono, a olharem para mim como se não batesse bem.
Apetece mesmo dizer "rádio hello? Phones?".
Bom dia do Beijo pessoal =)
Espiral



Às parcas desta vida (pela centésima vez)

Obrigada por existirem a sério.

É sempre bom experimentar vestidos com três anos e ver que nos ficam melhor porque perdemos uns 4/5 quilos que nos deixavam assim gorditas.
Ainda faltam 3 para uma pessoa se sentir mesmo bem, mas não tenham pressa.Acho que me aguento bem com estes quilos a mais, se vocês ficarem sossegaditas.

Mas não digam que não consigo ver o lado bom dos momentos maus. Consigo pois. E que não sou agradecida. Quilos a menos. Que não voltaram (bate na madeira).

Beijinhos para vocês, Parcas lindas (mas sossegadas agora, sim?)

Espiral

Frases daquelas XIII

- Não me esquecerás na minha ausência?" - Perguntou. Ele levantou os olhos e fitou-a. - Esquecer-me? Sabes muito bem que ninguém esquece, não é uma questão de memória. Ela quis perguntar "O que é então?" mas não o fez.
(O Amante de Lady Chatterley, D. H. Lawrence)
Espiral

"Canção Segredo"

Eu sou uma optimista. A meia de liga a cair-me pela perna abaixo enquanto corria para o comboio mais carregada que um burro só aconteceu porque estou mais magra.
É óbvio que não é o tamanho errado, nem estava nada larga nem nada..... ÓBVIO...

***
O medo é uma merda horrorosa (neste blog diz-se palavrões). O medo com argumentos para se ter é ainda pior. Gostava de poder dizer que sou muito boa e que o que me impele apesar do medo é a coragem. Mas não é. É só a minha natureza. E eu sou por natureza 0 ou 100%. Mas, afinal quem é que não tem medo de lhe acontecer isto?
***
Manel, Manel =D. Hoje é dia de Manel. Ehhhhh =D =D
Faltam menos de 10 horas =D

Espiral

Platonices II

É um bocado estúpido e ridículo quando sentimos que a única coisa que escrevemos que tem realmente algum valor literário (azar para a modéstia) está relacionado com uma paixonite platónica do mais parvinha que há, inconsequente, e que nem deixou grandes mossas. Só private jokes.
Espiral

Também chamam de borboletas, prefiro borbulhas...

É como eu digo... .borbulhinhas a borbulhar....é bom, é mágico. Estou a afundar-me em medos e inseguranças, mas qual era a piada sem isso? (Racionaliza, racionaliza...)
Agora respiro fundo, engulo as emoções todas e licença, que tenho muito trabalho.
Espiral

E sobre relações II

Aquele borbulhar que sentimos dentro de nós quando pensamos Naquela pessoa. Aquela sensação quente de mel a escorrer cá dentro. Aquele sufoco, em que temos que respirar fundo a seguir.
Não, não é paixão. É Carinho ou Ternura.
Parece pouco? Talvez. Mas eu acho fortíssimo =).
Mas isto sou eu que acho.... =)
Espiral

E sobre relações

É sempre difícil (horrível, atroz, o que quiserem) quando um amor acaba.
O que deixa mais marca? Num ou noutro? E a quem marca mais? E como? E se ficam amigos? Ou não? E continuar a relação como amigos? E continuar a relação como "nada"? E não continuar?
Não faço ideia de quais as variáveis metidas aqui à mistura e como de algum modo a balança do justo/injusto fica equilibrada, mas a P. é que sabe: "p ser o retorno, n precisa d ser necessariamente da mm forma".

É por estas e por outras que adoro a ideia de karma. Não é vingança, nem sequer é justiça, é karma =D
Espiral


E sim, a tpm não ajuda...

... Mas ao menos está um dia de sol fantástico.

...Ao menos não matei um pássaro caído na estrada com as rodas do carro.
...E ao menos percebo que tenho uma grande resistência à frustração.
Daqueles dias em que a única coisa que faz sentido em mim encontra-se gravado no meu ombro esquerdo.
Espiral
p.s. O body combat hoje vai saber que nem gingas.

Páscoa II

O momento em que me senti mais eu esta Páscoa foi quando hoje, depois de almoço, me deitei na tijoleira da varanda do meu padrinho com o sol a bater e a deslumbrar-me com a vista fantástica sobre o Tejo que se vê da casa...
O meu equilíbrio envolve sempre uma despreocupação com tudo (inclusivamente roupa e cabelos lavados) e envolvimento total comigo própria.
Gosto de mim nesses momentos.
Espiral

Páscoa

Do que me lembro do livro "A Imortalidade" de Milan Kundera, nós ficamos imortais pela lembrança que deixamos nos outros.

E é isso que procuramos e desejamos. Tão só ser uma memória.
Pois...
Espiral

Coisas bonitas

Babo por boas ilustrações. Esta é do senhor Kay Nielsen.
Tem tudo. Cores bonitas, romance, traço delicado e faz-me sonhar.
Espiral