Quickribbon Espiral: Abril 2016

quarta-feira, abril 27, 2016

Mau feitio já-não-me-lembro-que-número

Tenho um problema sério com pseudo-profundidades.

"O drama da vida dos outros e possibilidades afins, blá, blá,blá" com as entrelinhas "sou tão sensível e profunda, não vêm que me preocupo...." dá-me vontade de vomitar.


sexta-feira, abril 22, 2016

Confesso

Paz à sua alma, mas devo ser das poucas criaturas que não gosta de Prince.

Pronto, já disse.

Sobre restaurantes de sushi

Adoro sushi.

Sou daquelas pessoas que podia viver apenas comendo sushi. E falo do tradicional e não do de fusão.

E posso dizer que como sushi há pelo menos 10 anos, e já comi em vários sítios, nos em que paga 12 euros e tinha os pratinhos com as peças, nos que se paga entre 13 a 16 "all you can eat", em rodizios melhores de 20-25 euros por pessoa sem bebida até  restaurantes em que fica facilmente nos 40 euros por pessoa (não fui a muitos, sou pelintra, a 2 ou a 3)).

E por saber ver a diferença faz-me confusão ver falar de certos espaços em que se paga nunca menos de 30 euros por pessoa, a dizerem que há restaurantes de 15 euros por pessoa iguais!

Na grande lisboa, por favor, digam-me então quais são. Se há uns de 15 euros razoáveis (ex:nagoya, mas já foi melhor, o samurai e um no rato que não me lembro o nome, mas que é bom para o estilo) Claro que há. Poucos mas há. Mas basta irmos a sitios que são a 20 ou 25 euros pessoa (rodízios, óbvio, mas de qualidade, o koko, o sushi time e o arigato, todos no parque das nações) e nota-se logo a diferença, assim mesmo muita, tanto que desisti de ir aos primeiros e prefiro ir menos e ir aos outros.

E mesmos assim não se comparam aos muito bons em que o valor fica mais elevado, obviamente especialmente se formos lá a pensar que comemos como se fosse rodizio... (Um destes restauntes, muito bons é o Origami, no Principe Real, sinceramente o total da conta foi 80 euros e picos, caro, sim, por isso só fui uma vez, mas o sushi era maravilhoso).

Esta conversa vem do fato de, tendo feito reserva no Estado Líquido através do The Fork, fui ler comentários em outros sites e aparece-me este tipo de comentários sobre ser mau e haver restaurantes de 15 euros melhores...

Ainda não posso dar a minha opinião mas opiniões com este tipo de comparações são abusivas.
O máximo que consigo retirar é que os preços para a qualidade são algo altos, mas ok, logo verei. 






terça-feira, abril 19, 2016

Infidelidade

O homem só precisa de um pretexto.

A mulher só precisa de estar infeliz.

Eu sou uma adolescente

Fui hoje ao lançamento de um livro de um escritor português que gosto muito, Afonso Cruz.

Quem apresentou a obra foi o escritor angolano Ondjaki, conheço a obra, e gosto muito.

A apresentação foi informal e descontraída e só consegui pedir ao Afonso Cruz para me assinar o livro enquanto balbuciava "ah... só li ainda um livro seu.....mas gosto muito" como se estivesse a sair de um estado comatoso de 20 anos.

Não fiz conversa, não falei do que senti ao ler o "Mar", nada. só estar ali com ar de adolescente que acabou de ver o gajo  de quem gosta.

Para além do livro que foi apresentado "Vamos comprar um poeta" resolvi comprar uma das suas primeiras obras "Jesus Cristo bebia cerveja" edição limitada com uma capa diferente. Estava a pagar e chega o Ondjaki e diz "Ah, que capa diferente, que giro, também quero." e eu só fico a olhar especada e lá digo "Pois....." , em vez de dizer "foste dos primeiros escritores  africanos de lingua portuguesa que adorei..." .

Tenho este problema com pessoas que admiro, pareço sempre um peixe fora de água. Acho sempre que só vou dizer coisas banais, que eles estão fartos de ouvir e acabo por parecer uma naba.

Enfim =/

Mas adoro-os pronto =)