sexta-feira, abril 22, 2016

Confesso

Paz à sua alma, mas devo ser das poucas criaturas que não gosta de Prince.

Pronto, já disse.

Sem comentários:

Não escrevo, há quem o faça melhor

É tão isto.