terça-feira, abril 19, 2016

Eu sou uma adolescente

Fui hoje ao lançamento de um livro de um escritor português que gosto muito, Afonso Cruz.

Quem apresentou a obra foi o escritor angolano Ondjaki, conheço a obra, e gosto muito.

A apresentação foi informal e descontraída e só consegui pedir ao Afonso Cruz para me assinar o livro enquanto balbuciava "ah... só li ainda um livro seu.....mas gosto muito" como se estivesse a sair de um estado comatoso de 20 anos.

Não fiz conversa, não falei do que senti ao ler o "Mar", nada. só estar ali com ar de adolescente que acabou de ver o gajo  de quem gosta.

Para além do livro que foi apresentado "Vamos comprar um poeta" resolvi comprar uma das suas primeiras obras "Jesus Cristo bebia cerveja" edição limitada com uma capa diferente. Estava a pagar e chega o Ondjaki e diz "Ah, que capa diferente, que giro, também quero." e eu só fico a olhar especada e lá digo "Pois....." , em vez de dizer "foste dos primeiros escritores  africanos de lingua portuguesa que adorei..." .

Tenho este problema com pessoas que admiro, pareço sempre um peixe fora de água. Acho sempre que só vou dizer coisas banais, que eles estão fartos de ouvir e acabo por parecer uma naba.

Enfim =/

Mas adoro-os pronto =)

1 comentário:

Madrigal disse...

é normal. possivelmente eles também se sentirão assim quando estão perante os seus favoritos ;) :)

Like a boss

Portanto, daqui a 10 anos gostaria  estar num tal nível que faria e trataria como meus secretários particulares, o presidente português de u...