sexta-feira, novembro 30, 2007

Príncipe

Eu pensava que também tinha um príncipe; mas não sou uma raposa e muito menos um escritor.

dedicado a Saint Exupéry e a José Luís Peixoto

Espiral

Sem comentários:

Não escrevo, há quem o faça melhor

É tão isto.