sábado, setembro 14, 2013

Vim de férias num dos sítios mais bonitos deste país e...

li isto.

"Não acredites em quem te diz que a dor não existe. A única ajuda que te podem dar é dizerem-te que a dor existe sim, mas que daqui a bocado passa. E que depois voltará, e que de novo passará. O desejo de morrer ninguém to tira, o que tens é de aprender a viver nos intervalos da vontade de morrer. "

Da febre dos fenos. E só por isso já vale não estar de férias.

Sem comentários:

Do que eu cresco, fragilizo, fortifico

Cada vez mais sou menos de frases peremptórias. Cada vez sou menos de classificar tudo em polaridades. Porque me parece superficial, e mais ...