sexta-feira, setembro 21, 2007

Uma coisa boa da vida?

Agradeço o facto de quando estou lá na tal caverna "com estagmites e estalactites", sem luz nenhuma, haver sempre humano, animal, frase, canção que não me deixa afundar mais e quem sabe, até me faz elevar um pouco.

Hoje, sendo um desses dias que não acabam, tive o prazer de ler algo precioso num blog recem - descoberto

"Só há uma verdade, que é a da força que não desiste."

- Vergílio Ferreira, Apelo da Noite

Grande Vergílio! Tenho mesmo que te ler. Para ver se me fazes descobrir algum sentido num mundo que cada vez me parece mais sem Norte. Curvo-me com todo o respeito. Com toda a minha Verdade. Graças a ti, tem nome. Chama-se Perseverança.

Espiral




2 comentários:

Homem da Fruta disse...

A inutilidade da perseverança sofre de gigantismo, tomando assim proporções tremendas. No entanto, essa dimensão suprahumana são ignoradas por outro grande flagelo: a Esperança. Não pode haver perseverança sem esperança de atingir o que se quer.

Bom, resumindo, it's all fucked up, mas essa é a beleza disto.

joao silva disse...

Cara Espiral, Vergílio Ferreira tem mais a ver com o outro lado do espectro: a desesperança. Ele (ou os seus narradores) tem a qualidade de conseguir viver mesmo quando percebe que não há nada para o que viver. Perseverança é outra coisa bem diferente, é uma palavra demasiado «bonita» para ser aplicada à vida vista pelos olhos de VF...

cumprimentos

Like a boss

Portanto, daqui a 10 anos gostaria  estar num tal nível que faria e trataria como meus secretários particulares, o presidente português de u...