sábado, março 08, 2014

das identificações blogosféricas

É tão bom descobrir nos outros, que respeitamos e admiramos, bocados nossos. 

"Vê se percebes, não tenho qualquer medo de te dizer que te amo. Detesto pessoas que não são capazes de dizer em tempo real, enquanto ainda podem, que amam a outra pessoa, mesmo que a tenham como perdida."

(Hei Pulha, escreve um livro. Sobre o Amor, claro.  Quando o fizeres vou lutar pelo primeiro exemplar.)

2 comentários:

Lias disse...

Não serás a única :) Irra, que até me deixa com um nó na garganta...

Espiral disse...

Ehehe =)

Sem dúvida, há coisas universais =)

Like a boss

Portanto, daqui a 10 anos gostaria  estar num tal nível que faria e trataria como meus secretários particulares, o presidente português de u...