sexta-feira, novembro 11, 2016

O meu maior elogio

Ainda não parei de chorar desde que soube que morreste.

Leonard Cohen, uma das minhas maiores inspirações.

Sem comentários:

A conversa do coitadinho*

O que me irrita nem é a falta de empatia, a falta de mundo (no sentido de juizo crítico acerca dos outros), nem sequer é a vitimização irrit...