Quickribbon Espiral: O que eu leio e as aparências

sexta-feira, julho 03, 2009

O que eu leio e as aparências

Acho que é fascinante quando querendo dar uma boa impressão a alguém só acontece é barraca...

Hoje vi um dos meus professores favoritos de faculdade quando ia apanhar o comboio em Santa Apolónia. Esse meu professor é muito inteligente, tem sentido de humor, e é um supra sumo na área, sendo também humilde. Como escrevi na minha tese, é um exemplo.

Tendo em conta o elevado respeito e apreço que tenho pelo senhor, cumprimentei-o alegremente, tentando sempre dar um ar "eu controlo e sou muito intelectual" quando ele se vira "Ah, também lês Filipe Faria". O meu cerébro pára uns momentos e depois penso "Oh-não-raio-de-livro-que-eu-tinha-que-trazer-hoje-para-ler-em-vez-de-trazer-algo-inteligente" dizendo rapidamente "Sim, mas eu leio muita coisa.". Acho que não salvei a honra do convento....

Sniff. Porque é que não me apanhou num dia em que ando a ler Alexandre Dumas, Vergilio Ferreira ou assim do género, ou em que não ando a ler nada e ando só a ouvir música? (ah, é verdade o meu mp3 estragou-se...)

Foi hoje que percebi um bocadinho aquelas pessoas que forram os livros para ninguém saber o que estão a ler (hábito que acho snob e parvo e que não, afinal não compreendo).

Tendo em conta isto vou começar a colocar orgulhosamente a minha leitura do momento, independentemente do livro que for.
Espiral

p.s. Agora falta saber se me desenrasco com o html o suficiente para isso...


3 comentários:

Fi disse...

este blog está uma coisa animada. ora é a lista dos blogs preferidos. ora é o livro que estás a ler na altura. ora é a lista dos blogs não tão bons assim mas que gostas de ler (para breve, eu sei coisas). olhe, uma animação, é o que é. aguardo próxima mexida no blog.

Espiral disse...

Ah ah ah. Boa Fi, pressão =P

Vamos lá ver se mexe.. eu agora quero é concertos e trabalhar, vamos a ver é quase a mesma coisa (private joke), praia com gente que preste (=P)

Beijo =)

Ginja disse...

Opa.. Isto faz me lembrar qq coisa...

É certo que nós sabemos o que somos ou quem somos. Não tendo que provar nada a ninguém, senão a nós mesmo.

Mas porra, depois há estes breves momentos inesperados e raros, em que nos cruzamos com "a" pessoa e nós não estamos no nosso melhor.

Pior ainda quando vais de fato de treino, cabelo oleoso ao supermercado comprar comida para a gata e te cruzas com "a" pessoa e a sua actual companheira...

Aiiii....