segunda-feira, junho 09, 2014

Não sei como se define o amor

Mas sem dúvida que não existe sem confiança e sem transparência.

Do pouco que levo desta vida, levo esta certeza.


1 comentário:

Ana disse...

Concordo em absoluto.

A conversa do coitadinho*

O que me irrita nem é a falta de empatia, a falta de mundo (no sentido de juizo crítico acerca dos outros), nem sequer é a vitimização irrit...