quinta-feira, fevereiro 12, 2015

Sobre o dia dos namorados

Não percebo bem as pessoas que não gostam, e menos ainda que se orgulham que não gostar.
Chatos.

Das pessoas que acham que-são-tão-melhores-que-estes-dias-que-só.servem-para-o-consumo-e-que-gostam-é-de-ser-espontâneos, delas só tenho pena.

E nem vou falar sequer do argumento(?) "Não gosto do dia porque as pessoas estão mal o ano todo mas nesse dia vão jantar fora como se fosse tudo rosas".

E é só isto que tenho a dizer.


Sem comentários:

A conversa do coitadinho*

O que me irrita nem é a falta de empatia, a falta de mundo (no sentido de juizo crítico acerca dos outros), nem sequer é a vitimização irrit...