quinta-feira, maio 02, 2013

Desejos

Estive em Sintra no fim de semana e para além de ter visitado o castelo dos Mouros e o Palácio de Monserrate, e ter adorado cada momento especialmente nos jardins de Monserrate, fiquei com o deseje premente de ter uma tia rica, perdida algures, mas com um daqueles palacetes/casas/casinhas giros em Sintra e que do alto da sua sabedoria se lembrasse de me deixar herdeira dessa bela casinha.

Não tendo essa tia na minha árvore geneológica, e se houver por aí uma senhora simpática que viva em Sintra e que não tenha a quem deixar o seu património (pode ser uma casinha pequena, juro que não sou esquisita, e nem quero dinheiro, dê para solidariedade) e me queira deixar a sua moradia, juro que cuidarei dela com muito carinho. =D

2 comentários:

teardrop disse...

Sintra é realmente mágica... sou apaixonada por aquele ambiente!

Espiral disse...

Sim, é isso mesmo, o ambiente =)

Do que eu cresco, fragilizo, fortifico

Cada vez mais sou menos de frases peremptórias. Cada vez sou menos de classificar tudo em polaridades. Porque me parece superficial, e mais ...