segunda-feira, maio 27, 2013

Um dia escrevo um livro (ou não)

O amor tem muito pouco de orgulho. O amor obriga a colocar o orgulho de lado. No mínimo. No máximo faz desvanece-lo.
Para mim é mais "Orgulho? Onde?" e mais importante "Para que raio serve?"

Sem comentários:

Do que eu cresco, fragilizo, fortifico

Cada vez mais sou menos de frases peremptórias. Cada vez sou menos de classificar tudo em polaridades. Porque me parece superficial, e mais ...