quarta-feira, março 16, 2011

Hoje é o dia

Em que me cansei dos engonhanços, do medo das lutas, dos frouxos e das pessoas enconadinhas.

Em que passarei a ser intolerante, a ver preto e branco, a cagar para os superlativos e comparativos.

Em que piso os "ses", os "obstantes", os "apesar", os "mas"...



Felizmente ou infelizmente estes momentos passam-me rápido. Mas ajudam-me a recuperar o equilíbrio.


3 comentários:

pink poison disse...

Eu hoje fiz uma llimpeza de pessoas podres na minha vida, portanto, também foi "o" dia... beijinho

x disse...

É o melhor dos começos - afastar tudo que não interessa, fugir dos cinzentos, não cair perante os fracassos ou dificuldades (ou mesmo que se caia levantar logo de seguida), esquecer os "ses", "mas", "contudos"... ir e relativizar o resto do mundo. Ir, só pela vontade/necessidade/urgência de ir. Depois o resto acontece.

Olinda Melo disse...

Também eu tenho um dia que dedico à depressão, ao deixa andar,ao quero lá saber...

Do que eu cresco, fragilizo, fortifico

Cada vez mais sou menos de frases peremptórias. Cada vez sou menos de classificar tudo em polaridades. Porque me parece superficial, e mais ...