Avançar para o conteúdo principal

Madonna e Celine Dion

Há cerca de três semanas, numa tarde específica qualquer, estava em Entrecampos, na Gare, à espera para apanhar o comboio para casa. Sentada, a ouvir um cd de músicas escolhidas, e muito provavelmente a pensar num assunto qualquer sem grande interesse...a não ser para mim. Nesse momento sentaram-se ao meu lado uma mãe e a filha, de cerca de 3/4 anos. Uma miúda loira de tranças como nos contos. Surpreendentemente, riu-se para mim e começou a mexer no meu leitor de cds. A mão dela disse para ela parar, mas eu disse que não fazia mal e tirei os phones. Via-se que a miúda era das que não tem medo de meter conversa com desconhecidos, mesmo que esses não façam logo grandes sorrisos. Gosto disso. Meteu conversa:
Ela - O que é isso?
Eu - É uma caixa para ouvir músicas
Ela - ah...
Eu - Não gostas de música?
Ela, muito devagar lá abanou a cabeça afirmativamente. Achei piada e perguntei-lhe o que ela ouvia. Bem, aí não hesitou:
- Madonna!
Estava eu à espera de ouvir "músicas da disney" ou do noody, logo fiquei ligeiramente surpreendida e olhei para a mãe dela que confirmou com um olhar exasperado.

Realmente apesar de tudo, as gerações não mudam muito. Lembro-me de em miúda ouvir Bon Jovi e Celine Dion. E gostava! E também que, na minha ama ouvia imensa música pimba que ela punha e cantarolava, e nós com ela. E realmente não fazem parte dos meus gostos actuais. Claro que também há outra vertente, em que influenciada pelo meu primo, mais velho que eu 5 anos, ouvia nirvana, xutos, metallica, pearl jam, radiohead, resistência, uhf e por aí...e continuo a ouvir..e a gostar. Talvez não seja necessário um grande receio pelo que as novas gerações abarcam. Acredito que também elas, como nós, tem um filtro de qualidade que lhes permitirá escolher. Por isso, tudo bem em ouvirem agora Madonna, ou D'zrt ou qualquer outro...Mais tarde saberão escolher.

Espiral

Comentários

André Ricardo disse…
Sim.Talvez saibam escolher.Mas falando de música...tu tens um filtro muito pequeno.Ok, não é necessariamente mau.Mas para quem gosta de tool (que claro q fui eu q te dei a conhecer) e ouve tantas outras coisas...Adoro isso!Sabes q gosto de muita coisa, mas não tão abrangente como tu.Se calhar sou esquisito.O raio da miúda ja ouve madonna, hein!Se ela ouve madonna agora, aposto que no futuro vai ouvir coisas boas.Talvez nem seja uma questão de filtro.É uma questão de personalidade."Diz-me o que ouves, e eu digo quem és!".
Ok, para ti seria difícil...mas isso é um pormenor...
beijo!
mag disse…
hey.. miuda com bom gosto diria eu! Agora um pouco mais a serio.. os miudos de hoje estao em desvantagem para conosco, porque quando nos eramos miudos nao havia tanta porcaria por aí a passar na radio e na televisao. tinhamos irmaos ou primos que nos davam a ouvir a sua musica, boa musica. eu, como tu, tive essa oportunidade de aprender a gostar.. ou a desgostar com os mais velhos. acho que começamos bem. lembro me de uma cena gira. qd era pequena detestava pearl jam. qd soava no quarto ao lado eu desesperava e enfiava-me na almofada! como as coisas mudam =)
quanto as escolhas.. acho que acontecem por fases, e quanto maior for o "grau de exposiçao" aos varios estilos, melhor.
Ghast disse…
Bem, acho que o importante é serem expostos à música, com o tempo decidirão.

E quanto a no nosso tempo ser melhor.. acho que "má música" há e houve sempre, só que essa é esquecida. Apenas ficam as que importaram (e uma ou outra especialmente má ^^)

***
Anónimo disse…
O meu suspiro é a saudade que sinto por ti =)=) MaS falando neste teu pequeno texto ...
Acho que realmente hoje em dia as crianças poderiam s decidir mais por ela próprias... =)Mas infelizmente por x não têm essa capacidade...e são influenciadas pelos pais.
Exemplo do ridiculo , é quando mal nascem os pais inscrevem - nas em clubes de futebol... não tem mais nada com que se preocupar, por favor tenham dó!!! Mas continuo se calhar a chamar opções... msm criticando este aspecto!
A pequenita deve ouvir madonna , pela mae ouvir ou algo dfo genero... as x quando das por ti cm amigos até e eles ouvem um tipo d musica que nunca ouviste ... acabas por gostar e entrar nesse ritmo ...
esta e a minha opniao miga...
Não tenho jeito p escrever mas aqui vim ..
beijinho
Anónimo disse…
n era p ser anonimo... lol
Beijinho da borbuletahhh que t adora***
Anónimo disse…
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse…
hee madonna é show de bola afinal
oq tem a ver a menina gostar de madonna?!
madonna nao fez sucesso a apenas nos anos 80 e 90 ela faz sucesso ainda sua carreira está inabalável e nunca foi se qr decadente é inesplicávelmente surpreendente
Espiral disse…
Nada contra Madonna. O post (antigo lol) era mais sobre a minha surpresa de ela não ouvir coisas mais para a idade dela =)

Mensagens populares deste blogue

Eu nunca liguei muito a isto, mas...

Sou só eu que acho um bocadinho escandaloso que as marcas façam apenas 3/4 tamanhos de roupa?
Estive a ver a Zara e pelo menos nos macacões, só tem 4 tamanho - XS, S, M, L respectivamente.
Tendo em conta que eu tenho 1,68 e peso 60 kilos e que o meu tamanho é um M penso nas pessoas que tem um bocadinho mais de peso que eu e que são um bocado mais altas.. o que fazem elas?

De salientar que tenho uma estrutura regular, vulgo forma ampulheta, com ancas e rabo e, para mal dos meus pecados, pernas grossas (não há ginásio ou corridinha que me salve). Ou seja mesmo com menos 4 kilos, onde fico com 56, o que muita gente consideraria magro ou pelo menos normal-magra, uso à mesma o M e calças pelo menos 38. Por isso, serio, como fazem as pessoas um bocadinho maiores? E nem falo das pessoas realmente gordas, falo só das pessoas que são mais fortes porque sim, porque nasceram assim, é constituição e pronto.

Nem todas as mulheres são estrutura rectângulo  vestem roupas como se fossem cabides,  ess…

Ando a ler imenso

E a voltar ao meu ritmo normal de leitura para ao fim do ano ler o meu normal (entre 100 a 140 livros, sim isto é o meu normal, com excepção feita ao tempo de faculdade em que lia cerca de 60 por ano). .
Adoro ler e felizmente apesar de não poder comprar todos os que gostaria aproveito tanto  feira do livro, onde na hora H (livros a 50%) deste ano comprei mais de 11 livros, que já li quase todos.
Para além disso sou assídua frequentadora de bibliotecas, sendo a minha favorita a Fábrica das Palavras em Vila Franca. É uma biblioteca recente e muito bonita arquitectonicamente, que tem tanto os clássicos como as últimas novidades, o que é uma grande vantagem pois raramente compro novidades devido ao preço. Ao mesmo tempo e fantástico para descobrir autores que não conheceríamos de outra forma: por exemplo li recentemente um livre da Patti Smith  que adorei e nunca teria dado com ele de outra maneira.  Tenho o hábito de escolher não só livros que quero ler mas também livros ao acaso. Dá qu…

Pergunto

Como é que se pode perceber com tanta convicção, com tanta certeza, tão intensamente, que existem grandes histórias de amor, que dolorosamente, não são para acontecer?