quinta-feira, maio 20, 2010

Olha eu a falar de algo que se parece minimamente com política...

Não sei bem até que ponto sou de direita. Muitos dos meus valores têm uma componente liberal que parecem mais de esquerda. No então o meu sentido de ordem e de "certo" tendem certamente para o lado destro.

Hoje de manhã ao ouvir falar Paulo Portas na rádio sobre o rendimento social de inserção percebo o que me agrada: as medidas práticas e justas. Tirar aos que não merecem (sim, as pessoas não são todas iguais, quero lá saber do politicamente correcto), dar aos mais carenciados, não dar só porque sim, etc.

E são propostas concretas e objectivas e podem ser feitas.

Olha pronto, não sou de lados, sou de "coisas" fundamentadas e lógicas e coerentes e para o bem geral (e não dos trafulhas).

Espiral

Sem comentários:

Like a boss

Portanto, daqui a 10 anos gostaria  estar num tal nível que faria e trataria como meus secretários particulares, o presidente português de u...