quarta-feira, setembro 22, 2010

Da tragédia que é duas pessoas pertencerem-se e não se "encontrarem"

Os homens tem um medo que se pelam. Disto (ver música). Da nossa força para apesar do medo andar para a frente. Das mulheres que se dão intensamente. Dá um medo pavoroso. As mulheres que mudam mundos. Eles não querem mudar mundos. Querem o mundo à maneira deles. Claro que mulheres assim assustam. Ao contrário do que se calhar se pensa, os homens (em geral, não matem) aguentam melhor o morninho, o meio cozido, o assim-assim.
É por isso que vocês são muitas vezes uns evitantes.Tanto na procura de ter o completo, como na certeza de que há um fim.





Espiral

4 comentários:

Vegan Wolf disse...

eu tenho queda para aquelas de que a maioria tu dizes ter medo.
não deixo de o ter, mas porra, tudo o resto é demasiado aborrecido.
esquece-mo-nos de que estamos vivos...

Espiral disse...

Vegan Wolf,

São as melhores. Mas a questão do post nem era essa...

Mas o que tu dizes é mais importante. Se nos esquecemos de que estamos vivos, vale a pena?

Obrigada pelo comentário *

Fi disse...

tão tão verdade.

Espiral disse...

Fi,

Ya... lembrei-me das nossas conversas*

Like a boss

Portanto, daqui a 10 anos gostaria  estar num tal nível que faria e trataria como meus secretários particulares, o presidente português de u...