quarta-feira, setembro 22, 2010

Película parada

Um dia, exactamente um ano depois vi o mesmo filme. Engraçado como também lá estavas. Mas o momento era tão diferente.

O que mais me custou é que o filme continuava igual.

Espiral

Sem comentários:

Do que eu cresco, fragilizo, fortifico

Cada vez mais sou menos de frases peremptórias. Cada vez sou menos de classificar tudo em polaridades. Porque me parece superficial, e mais ...