quarta-feira, setembro 29, 2010

Eclética mas com gosto.

Eu e a mania que leio de tudo...

Como é que eu passo do magnífico 1984 que foi dos melhores livros que li nos últimos tempos para Testemunho (da Anita Shreve)? É óbvio que é uma descida de qualidade literária enorme... nada contra a Anita Shreve, que talvez lendo depois de outro livro qualquer até acharia agradável, mas agora só acho boring, enquanto me arrepio com a má qualidade literária.

O contraste perceptivo sucks.

2 comentários:

a mulher certa disse...

já senti mtas vezes isso.

Espiral disse...

A mulher certa,

Foi a primeira vez que senti tanto.

A conversa do coitadinho*

O que me irrita nem é a falta de empatia, a falta de mundo (no sentido de juizo crítico acerca dos outros), nem sequer é a vitimização irrit...