Quickribbon Espiral: Explicação do conceito Jerry Maguire

segunda-feira, janeiro 31, 2011

Explicação do conceito Jerry Maguire

Não é necessariamente a personalidade. Nem a atitude. Nem o ar tresloucado e as piadas parvas. Nem o ar de criança. Não. Isso é só o que eu quero, porque é o meu estilo, estilo "trolhinha" (apesar de ter vistas largas e as minha setas também caiem noutros campos e acertarem outros alvos...).

O que nós queremos é um homem que nos queira perdidamente. Que tenha nos olhos aquele ar de quem nos vai resgatar, mesmo que não seja preciso resgatar-nos de nada. Um homem que nos faça sentir que estamos protegidas mesmo que nós pensemos que não precisamos de protecção para nada. Queremos um homem que escreve nas estrelas, no papel, que grite ao mundo (ou nos diga baixinho) que nos ama. Depende do tipo de mulher. E esse homem sabe. Se queremos estrelas papéis amarrotados ou só um olhar. Ou tudo isso. Ou nada disso. Mas que não tenha receio de fazer aquilo que achamos demasiado lamechas ou bimbo. Queremos alguém que nos ame intensamente, sem graus, sem dúvidas, sem "ses". Um homem que sinta que nós somos a mulher da vida deles. Um homem que nos olhe sempre com aquele olhar de "Uauuuu", e que nos faça sentir que "valemos a pena". Sempre. Apesar da vida, das contrariedades, dos obstáculos, das dificuldades, "do sempre que não é sempre" da falta de paixão, do amor que não chega. Porque não chega. E paixão nem sempre dura. Por isso, mais que o amor e mais que a paixão queremos um homem que esteja ali para nós e por nós e que saiba que nós também estaremos ali por ele. Porque juntos somos completos.



Isto tudo porque eu sou romântica. E não quero acreditar no "agora tudo bem, sei lá amanhã". Gosto de certezas. Gosto de pensar que ainda existem esse tipo de certezas. Gosto e sei que existe porque vejo isso em pessoas. Recuso-me a vê-lo como só espelhado nos livres e nos filmes. E se eu sei que sou capaz de um amor assim, porque não os outros?

Queremos pois, um Jerry Maguire.




3 comentários:

Tresloucada disse...

ultimamente não penso assim, acho que o meu deve andar perdido do outro lado do mundo, mas ainda bem que existem pessoas 'alto astral' como tu:) bjs***

Espiral disse...

Obrigada =)

Não sei se é "alto astral" mas pelo menos esperança é =)

Tresloucada disse...

Como te entendo ;)