quinta-feira, setembro 15, 2011

Falando de pessimismo e optimismo, eu sou realista

Fui chamada à atenção que a tal conversa está toda mal; afinal é isto (transcrição literal, senão batem-me =P)


P: vive a tua vida profissional cm vives a tua vida amorosa
  tens que querer tudo
 Eu ...eu nao quero viver a minah vida profissional cmo vivo a amorosa =P
  se nao tava desempregada


7 comentários:

Anónimo disse...

Podes ser freelancer ;)
Paula Milani *

Espiral disse...

Paulinha,

E que diria isso da minha vida amorosa? Não me parece que seja o meu estilo. lol

Anónimo disse...

Hehe :)
Que disciplina e motivação não podem faltar. E que teriam de ter boa gestão do tempo e do ambiente.
Paula *

Espiral disse...

Paulinha,

Tu transcendes-me muitas vezes. Este foi um dos casos lol =) Explica-te rapariga!

Anónimo disse...

Hahaha!

O que eu quis dizer é que há sempre uma solução: se não tens emprego, continuas a ser tu própria e a fazer o que queres fazer.

Foi uma brincadeira de equivalências a falar a sério :)

Bjs **
Paula

Espiral disse...

Ahhhhhhh ahhhhhh, pois pois..... é isso é.... percebi percebi e vou-me calar =)

O que queremos... se o que queremos dependesse só de nós =)

Anónimo disse...

LOL! Tu és uma fofa ^^

Bom tópico... Estou a pensar...

É certo, não depende só de nós.
Mas pode depender de nós encontrarmos ou deixarmo-nos encontrar pelas pessoas que querem a mesma coisa. Ainda não sei como.... Mas eu vou descobrir.

***
Paula

Like a boss

Portanto, daqui a 10 anos gostaria  estar num tal nível que faria e trataria como meus secretários particulares, o presidente português de u...