quarta-feira, janeiro 09, 2013

Autores portugueses

Para mim, ninguém escreve sobre o amor como os autores portugueses:

Simples, terreno e pungente.

Real.

(Depois de ter lido o Intermitências da morte de Saramago, e sentir sempre que, independentemente de gostar mais ou menos dos seus livros devido ao contéudo demasido moralista, obsoleto, enviesado e pouco aprofundado, mas muitas vezes genial pelo tipo de escrita, fico deslumbrada com a parte do romance por mais singela que seja.)

Sem comentários:

Like a boss

Portanto, daqui a 10 anos gostaria  estar num tal nível que faria e trataria como meus secretários particulares, o presidente português de u...