Quickribbon Espiral: Bruxas de Salem

terça-feira, janeiro 15, 2013

Bruxas de Salem

Odeio aquilo que, no momento, as redes sociais, blogs e todo o universo social digital representam

Um lichamento público, abrangente, cruel e, infelizmente, anónimo na sua enorme massa de humanidade.



Isto é sobre a Pepa em dosagem pequena, mais mais que isso é sobre o caso grave de coação feita à pessoa que com todo o direito se recusou a ser dadora de medula. Para quem não leu as letras pequenas, ou não percebe o conceito de "voluntário" ninguém é obrigado a dar mesmo quando é compatível com alguém. E isto é um direito independentemente da opinião de cada um. 

As pessoas são más, especialmente quando se armam em falsas puritanas e com falsas bondades. Cobardes.

Odeio a humanidade neste momento. (Nunca dei muito crédito a ela é um facto.)




4 comentários:

Izzie disse...

Bem hajas por este post.

Izzie disse...

Vou deixar-te um link de uma moça que respeito muito: http://diasdetelha.wordpress.com/2013/01/15/o-dador-e-os-seus-direitos/

Espiral disse...

Uau, não tinha visto este texto =)

Tá muito bom, e explica tudo como deve ser, obrigada =)

(quem me dera ter paciência para escrever assim, mas irrita só me apetece insultar toda a gente, é um problema)

Beijinhos!

a mulher certa disse...

"As pessoas são más, especialmente quando se armam em falsas puritanas e com falsas bondades. Cobardes."

Tudo dito.