sexta-feira, junho 03, 2011

...

O problema o verdadeiro problema é que, o que parte, vai embora e ficamos ali incompletos.
E se calhar ficamos incompletos para sempre. Mesmo que apareçam outras peças que se coloquem noutros lados, porque nunca vão servir perfeitas nos sítios que foram deixados vazios.
E se por acaso, sorte, azar, essa peça volta, já não cabe naquele espaço. Pode ser que se coloque bem noutro lado, mas naquele já não.

E não sei, não sei mesmo, o que pode completar esse vazio.




3 comentários:

x disse...

como te compreendo! :)

Paula Milani disse...

Eu acho que um vazio nunca se completa. A minha esperança é que o Tempo traga uma forma diferente de ver a situação. E já não haja necessidade de encaixar naquele sítio uma peça e sim deixar apenas uma memória que faz parte de uma paisagem que completa o puzzle.....

Espiral disse...

X,

Grata =)

Paula,

É exactamente isso que eu acho ^^

Like a boss

Portanto, daqui a 10 anos gostaria  estar num tal nível que faria e trataria como meus secretários particulares, o presidente português de u...