domingo, outubro 30, 2011

As pessoas são tão cegas e tacanhas

Que não percebem a subtil (mas colossal) diferença entre o contentar-se com o que se tem e o ser feliz com o que se tem. É que é uma diferença do tamanho do oceano.


Porra, alguém que ensine o mundo a sentir para lutarem quando devem lutar e o desistir quando devem desistir. E a perceberem o que querem, irra.

Sem comentários:

Do que eu cresco, fragilizo, fortifico

Cada vez mais sou menos de frases peremptórias. Cada vez sou menos de classificar tudo em polaridades. Porque me parece superficial, e mais ...