sábado, novembro 05, 2011

E cá estou eu desde 1985

A expor a minha alma a nu.
A cair com a intensidade e blá blá blá com os medos todos dos tais dos andares....

Eu nem sei ser de outra maneira e no fundo no fundo é um alívio imenso ser assim (perdidos por 100 perdidos por mil...)


Sem comentários:

Não escrevo, há quem o faça melhor

É tão isto.