sábado, novembro 19, 2011

"O amor é isto e nada mais"

""Foram os outros os primeiros a aperceberem-se daquilo que Alice e Mattia viriam a perceber somente muitos anos mais tarde. Entraram na sala de mão dada. Não sorriam e os seus olhares seguiam trajectórias divergentes, mas era como se os seus corpos fluíssem com continuidade um no outro, através dos braços e dos dedos em contacto."


(A Solidão dos Números Primos, Paolo Giordano)

2 comentários:

salto para a lua disse...

adorei esse livro :)

Espiral disse...

Sim, =) é muito muito giro =)

A conversa do coitadinho*

O que me irrita nem é a falta de empatia, a falta de mundo (no sentido de juizo crítico acerca dos outros), nem sequer é a vitimização irrit...